Gostou? Então espalha pra galera!

06 maio 2011

Hoje é dia de agradecer!

 "Um verdadeiro amigo é aquele que entra

quando todos os demais se vão."

 

Posso dizer que sou uma pessoa de sorte, apesar de toda essa tragédia que aconteceu em minha vida. Nunca pensei que tivesse amigos tão bons e verdadeiros, como sei que tenho agora. Às vezes imaginamos que pra ser amigo, é preciso estar perto, fisicamente falando. Mas não. Isso não é tão necessário assim.

É por isso que hoje vim agradecer a todos os amigos que ficaram comigo nesse momento, que pegaram minha mão (mesmo de forma simbólica) e disseram: "Estou com você", "Estou aqui se você precisar", "Você é forte", "Você vai conseguir superar", e tantas outras palavras de incentivo. Agradeço também as pessoas que mesmo não me conhecendo, me presentearam com gestos de amizade que nunca mais vou esquecer.

amigos3

Confesso que tive boas surpresas em relação a isso. Pessoas que mal me conheciam fizeram questão de dar esse apoio. E também pessoas que nunca me viram na vida, ficaram solidárias a minha dor. E continuam assim… Recebi e-mails e comentários aqui no blog, de pessoas que eu NUNCA imaginei que iria receber.

Um e-mail específico me deixou bem surpresa. Uma pessoa que imaginava que eu não gostava dela [e que eu tinha a mesma impressão em relação a essa pessoa, ou seja, que a mesma não gostava de mim], preocupou-se comigo, sofreu junto e fez questão de me consolar nesse momento de dor. Fiquei muito surpresa com a atitude dessa pessoa. Confesso que eu não esperava. E hoje eu reconheço a maturidade e o bom coração que essa pessoa demonstrou ter, apesar de todos os "aborrecimentos" que tivemos no passado.

Também quero dizer que entendo os amigos que, apesar de me conhecerem há vários anos, não "compareceram". Muitos me encontram hoje e dizem: "_Beth, eu não fui falar com você, porque eu não sabia o amigos de verdadeque dizer…" E eu compreendo porque um dia eu já fui assim. Eu deixava de ir falar com as pessoas que estavam passando por um momento difícil, simplesmente porque não sabia o que dizer… Mas hoje, depois de ter passado por tudo isso, sei que a simples presença de alguém que a gente gosta num momento como esse, já é o suficiente. Um abraço, mesmo vazio de palavras, já causa um grande conforto. Hoje eu sei disso porque passei. Mas antes eu não sabia… Por isso entendo quem se "ausentou"… Essas pessoas podem ter ficado ausentes "fisicamente", mas sei que estavam comigo "em pensamento".

Acho que quando alguém me fala alguma coisa, seja aqui no blog através de comentários, seja pessoalmente, não tem noção do quanto isso me faz bem. Só em saber que a pessoa preocupou-se comigo, lembrou de mim, me ouviu, leu o que eu escrevi, ficou solidário, nossa, isso já faz um grande bem.

Passar por uma situação dessas não é difícil. Tem horas que imaginamos que não vamos conseguir suportar. E são nessas horas que os amigos se tornam imprescindíveis. Eles chegam, te confortam, dizem coisas para levantar sua autoestima, te abraçam, te carregam pra jantar em algum lugar na intenção de te distrair… Enfim, como diz o ditado: "quem tem amigo, tem tudo". E eu sou feliz por ter amigos tão bons.

Por isso, hoje resolvi agradecer a todos os amigos que tornaram esse momento um pouquinho menos difícil. Que prestaram sua solidariedade e que comprovaram que, até mesmo dos acontecimentos ruins, conseguimos extrair algo de bom. Obrigada a todos vocês!

 amigos2

 

"Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça.

No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade." (Confúcio)

 

assin

8 mil pitacos!:

adriano disse...

É isso ai amiga, esta,os aqui pro que der e vier. Abração de seu amigo de longe, mas que espera com certeza um dia podermos sentar e conversar muito. Adriano

Non Nattus Júnior disse...

Olá Fortaleza,Beth.
Fico feliz em saber que algumas palavras digitadas " tornaram esse momento um pouquinho menos difícil". É maravilhoso a sensação de poder te ajudar de qualquer forma. E receber o seu testemunho que todos que escreveram lhe foi útil( mesmo pelo pelo tempo de um átomo ),nos deixa alegre. Esta é a verdadeira intenção de acessarmos o teu espaço virtual.
Nós é que ficamos profundamente agradecidos, por tuas palavras de gratidão. Outra bela marca desta tua riquíssima personalidadeque, que aos poucos temos conhecidos através de teus escritos.
" Às vezes imaginamos que pra ser amigo, é necessário estar perto fisicamente falando...". Necessário pode ser,mas não essencial. A cada acesso mútuo ,tenho a sensação que estamos edificando um belo prédio chamado : AMIZADE.
Um abração virtual.

Pensamentos soltos disse...

É gratificante saber que o que agente te escreve, serve de alguma coisa...você aparenta ser uma pessoa muito boa e espero que consiga levar em frente e consiga se erguer emocionalmente. O que precisar estamos aqui.

Beijo.

Alexandre Fernandes disse...

Realmente é difícil intuir bem o que tu estás sentindo. Lendo aqui a tua história eu fiquei realmente comovido, mas também sem uma palavra certa para deixar. É dificil eu mensurar uma coisa que apwenas você viveu e sentiu. É nessas hopras que buscar o humano dentro de nós ajuda a compreender, nem que seja um pouco, o momento que vives e o que sentes.

Resta então absorver com respeito e deixar o apoio necessário pra ti. Sou novo aqui, e novo na tua caminhada, mas não menos tocado pelo que viveste. Estou aqui trazendo também um pouco da minha presença e do meu apoio.

Te cuida querida Beth! Muita luz!

Beijos! E um bom final de semana.

ps: me visita quando puder.

:: Mari :: disse...

Beth minha linda,

Linda suas palavras. Fiquei feliz em saber que mesmo distante as poucas palavras por mim deixadas acariciou um pouquinho o seu coração dolorido.
Agradecer, não precisa, só quero que você fique bem viu?

Tenha um lindo dia das Mães!

Bjão

Carlos Medeiros disse...

Muito triste mesmo, quando alguém parte. Um pedaço de nós vai junto.

Valmidênio Barros disse...

Achei "a sua cara" isso:

http://deusilusao.wordpress.com/2011/05/10/3-coisas-que-aprendi/

Amanda Lins disse...

Oi amiga, ouvia sua voz ao leu esta postagem... aos poucos 10 anos de amizade, experimentamos momentos doces e amargos... mesmo na distância espacial, continuamos ligadas de algum modo, talvez pelo pensamento. Ao ler a postagem lembranças permearam minha cabecinha! Afinal, estavamos ligadas antes mesmo de nos conhecermos... pelo vestibular na casa de tia Jarlene; pela relação que você tinha com minha família caicoense...
a partir de 2001, entre apostilas e expoaméricas, os laços foram ficando mais estreitos, mais arrochados!
Em 2006 nos afastamos um pouco, mas não esquecemos de nós. Te adoro.
Espero que novidades venham pela frente... você sabe o quero dizer!
Beijos... Amanda Lins

Não Seja Egoísta! Compartilhe!