Gostou? Então espalha pra galera!

21 abril 2011

Sonho

Às 6h da manhã de hoje, o despertador toca e me tira do melhor sonho que tive com você, desde a sua morte. Coincidência ou não, ontem eu pedi muito pra sonhar contigo, pois já fazia um tempo que isso não acontecia. Não da forma como já tinha acontecido outras vezes…

A primeira coisa que eu fazia ao te ver, era te dar um abraço beeeem demorado, igualzinho como fazíamos todos os dias. Você estavaabraço lindo, bem arrumado, cheiroso e me abraçava bem forte. Dizia-me que estava com muitas saudades e me beijava… Depois me pegava no colo, e eu ficava igual a uma criança grudada em você: com as pernas cruzadas em suas costas e as mãos em volta do seu pescoço.

Nos beijávamos muito… A saudade era tanta… O beijo continuava igual…. quente e amoroso. Meu irmão Cláudio e minha Tia Julia não conseguiam te ver. Viam apenas a mim, como se estivesse no colo de alguém invisível para eles. E então, eu comentava sobre isso com você, ou seja, sobre o fato de eles não poderem te ver… Você só ria! Zombava de Claudinho e dava altas gargalhadas! Aí, eu dizia: "_ Claudinho, ele tá aqui "mangando" de você!!!" Claudinho ria também.

o rio Você me parecia feliz e tranquilo. Depois de passarmos muito tempo grudados daquela forma, nos sentamos em algum lugar. Você começou a mostrar-me uma revista/livreto que tinha várias letras de músicas do Legião Urbana. Me mostrou uma frase de uma música, em especial (depois que acordei, não lembrei com clareza qual foi…). Nessa revista também tinha muitas fotos de lugares que eu nunca vi. Lembro de ter visto um rio raso, cheio de pedras e um lugar formado por portas esculpidas na rocha, meio parecido com falésias…

Eu perguntava que lugares eram aqueles e você dizia que eram propriedades de uns amigos seus (falava o nome de dois amigos que ainda estão vivos). Dizia também que um dia me levaria lá pra conhecer.

E então, você me perguntava assim: "_ Bb, já faz bem 1 ano que eu morri, não é?" Meio que espantada com sua falta de noção de tempo, eu dizia: "_Não, Bb!!! Tá louco!? rs.. Só faz um mês". Intrigado, você respondia: "_Oxe, só isso? Pra mim já faz tanto tempo!" E sorria mais uma vez…

Voltávamos a folhear a revista… Nela tinha tipo uma reportagem falando sobre Ayrton Senna (!). Daí, eu dizia: "_Olhe Bb… você morreu um dia depois do aniversário de nascimento de Senna…" Meio triste, você me dizia que nem data tinha mais pra poder comemorar… Ao que eu respondia prontamente: "_Como assim?! Você tem sim uma data pra comemorar! A data em que você me conheceu!!! Você ria e me dava um cheiro na testa…

Logo em seguida o despertador tocou e eu acordei. Ainda deitada na cama, fiquei com aquela sensação boa de que estive muito perto de você (mesmo tendo sido apenas em um sonho)… Tentei dormir novamente na esperança de continuar sonhando! Lógico que foi em vão. Não consegui mais dormir, pois fiquei pensando no sonho maravilhoso que acabara de ter. Nesse momento não consegui frear as lágrimas… A saudade que senti foi forte demais…

 

Ps: Os sonhos sempre me deixaram intrigada… Acontecem coisas inexplicáveis neles. Decidi deixar registrado esse aqui no blog por ter sido um sonho bom e que vou querer lembrar durante muito tempo… Às vezes nossa memória não colabora muito. Então, era quase certo eu perder, ao longo do tempo, alguns detalhes. Por isso, deixo-o aqui escrito, tal como aconteceu, ao mesmo tempo em que compartilho com vocês essa experiência. Só peço que não vejam nada de "sobrenatural" em tudo isso. Pra mim foi apenas um sonho… Um lindo e maravilhoso sonho…

 

nova assinatura

7 mil pitacos!:

gilberd disse...

Belíssimo relato, obrigado por compartilhar, eu particularmente gosto de ouvir. E fico muito feliz por você ter sonhado assim. Realmente os sonhos são mecanismos no mínimo intrigantes.
Se este sonho te trouxe alívio, já cumpriu seu propósito.
Grande abraço e que sonhos como este possam ser mais frequentes.

Hélio Shiino disse...

Não sei se a psicanálise/psicologia explica tais sonhos vivenciado por você.

Por experiência própria, ainda tenho trauma (leia-se: pesadelo) das provas que eu fazia na época da Faculdade. De vez em quando tenho pesadelo que estou fazendo prova para poder passar na matéria. E o pior, no pesadelo, eu vou muito mal na prova e fico reprovado. Acordo repentinamente duvidando se realmente eu terminei a faculdade ou não. Admito que ralei muito para concluir a minha graduação.

Quanto aos sonhos, da mesma forma como você, também costumo sonhar com pessoas próximas e também com situações que eu desejo muito que aconteça.

Eu presumo que o sonho é a "materialização" da ansiedade para que algo aconteça ou da vontade de nos encontrar com uma determinada pessoa. O enredo pode ser o mais bizarro possível, mas os personagens, são as pessoas que conhecemos ou que nos deixaram.

Já sonhei muito. Algo como, todos os dias. Há tempos que sonho bem menos. Será que consegui controlar a minha ansiedade???

Beth Amorim, continue tendo estes Sonhos Bons!

αℓissσи sαитσs disse...

Saudade é solidão acompanhada,
é quando o amor ainda não foi embora,
mas o amado já...
(Pablo Neruda)

:: Mari :: disse...

Lindo sonho, com relato bem real.
Acredito que a saudade é o amor que fica, que mais real que este teu sonho.
Teu amor não está presente ao teu lado, mas continua vivo no teu coração.

Beth, não sei se você acredita, ou se comemora.
Mesmo assim desejo a você e a sua familia uma Feliz Páscoa.

Ahhhhh, quero ver as fotos do Thiago Lacerda viu?

Beijinhos com sabor de chocolate.

Beth Amorim disse...

Oi, gente...

O sonho foi muito real mesmo. A sensação do abraço foi muito nítida... sentir o cheiro, a pele, o toque... Queria muito ter sempre sonhos assim como ele. Serviria pra matar um pouco a saudade enorme que sinto...

Mas, infelizmente não podemos mandar tanto assim na nossa mente! Nesse dia, pensei muito nele... Fiquei feliz por ter tido esse sonho...

Fada Dinarah disse...

Que privilégio tivesses,poucos compartilham isso...que bom que serviu pra te confortar...sem mais!!! :)

_LiNdNArA_ disse...

Sonhar com as pessoas que amamos, principalmente quando elas já não estão entre nós é muito bom...
É uma sensação ímpar, mesmo relatando assim detalhadamente, só quem viveu uma experiência assim é que sabe o quanto é maravilhoso!
A gente acorda com uma sensação tão boa, tão leve...
Que você continue tendo sonhos assim... que confortam...
Abraços

Não Seja Egoísta! Compartilhe!