Gostou? Então espalha pra galera!

24 março 2010

Uma Ateia "Ensinando" Religião!

Sempre gostei de estudar sobre as religiões, mesmo não seguindo nenhuma atualmente. Como historiadora, não deu para fugir muito desse tema durante a graduação... Então...


Minha história com as religiões começa quando fui batizada - com 1 ano de idade - na Igreja Católica. Segui essa religião durante um bom tempo. No entanto, sempre gostei e tive curiosidade de saber como eram as outras religões. E assim sendo,  aconteceram momentos em que frequentei, só por curiosidade, igrejas evangélicas, centros espíritas e também tive algum contato com o budismo. Não 'me achei' em nenhuma delas, então resolvi "não pertencer" a nenhuma religião. Porém, mesmo sem religião, ainda continuava acreditando em deus. Todavia, esse acreditar já não era tão seguro. As dúvidas já tinham se instalado em mim.

Lembro que na última vez que fui "me confessar ao pé do padre", contei-lhe sobre minhas descrenças e dúvidas em relação à existência de Deus. Ele me olhou bem sério e pediu que eu tirasse essas ideias da cabeça. Como penitência mandou que eu rezasse 20 ave-marias e 15 pai-nossos!!! Bom, ainda tentei fazer o que ele disse,  ou seja, rezei... Mas, acho que não funcionou.... (rs). Acabei me distanciando do catolicismo e de qualquer coisa que tivesse caráter religioso depois disso.

No começo da minha 'vida sem religião' foi difícil me esquivar de algumas tradições, já que pertenço a uma tradicional família católica. Ir à missas, batizados, casamentos em Igrejas já me causava mal-estar. Ainda tentei ficar cultivando essa crença no 'ser superior' por um tempo. Até 'dei umas conversadas com Ele', mas aos poucos fui vendo que eu falava sozinha, então seria melhor falar comigo mesma!!! Parei de rezar e de acreditar em Deus. Enfim assumi o meu ateísmo. Um choque total na família.

Desde então, me declarei o que hoje sou, e algumas pessoas nem acreditam quando eu falo. Meus alunos então, ficam todos de boca aberta!!! Porém, a cada dia fico mais convicta de que foi uma das melhores coisas que eu já fiz na vida. Aos poucos fui me "desconvertendo" de qualquer crença sobrenatural ou divina... E acreditar em algo (leia-se: Deus) não me faz falta nenhuma hoje. Nem creio que fará. Me habituei mesmo! Hoje sou livre de todos esses absurdos que estão ligados à religião.

E agora, passados 2 anos do meu 'desligamento total' das religiões, fui surpreendida ao ser 'convidada' para dar aulas de religião, na escola estadual que eu leciono (Obs.: a diretora da escola é evangélica!). Aceitei e fiquei pensando: Quanta ironia! Uma ateia "ensinado" religião!!! E sabe que eu achei a ideia boa!!!  No início, fiquei meio assustada com a proposta, mas como não me deram nenhum programa pré-estabelecido, fiz meu próprio programa de ensino! E lá estou eu! Falando sobre as religiões! 

Na verdade, eu sempre quis fazer isso: ensinar religião sem proselitismo nenhum! Apenas falar sobre elas, suas histórias, seus preceitos, seus ritos, sem 'puxar a sardinha' pra nenhum lado! Acredito que como todo desafio, terei certas dificuldades (Obs.: a educação em si já é um grande desafio e também é um poço de dificuldades..). Porém, não desanimarei! E, pra falar a verdade, estou adorando lecionar essa disciplina... Vai me ajudar a entender um pouco mais sobre esse universo religioso, do qual eu não faço mais parte...


Por Beth Amorim

5 mil pitacos!:

mim mesmo disse...

Oi, é o Barros, do site DeusILUSÃO. Não sei se vai aparecer minha identificação direito aí mais abaixo... rsrsrs Minina, eu fiz um cadastro no Blogspot para postar aqui e me enrolei, porque já tinha outra conta, que também não usava, e agora não sem qual é qual.

Te adicionei também no twitter, mas eu não sei usar aquele troço. Não sei como mandar mensagens! Eu sou uma anta mesmo!

Bom, é o seguinte: eu posso publicar esse seu post lá no meu blog? Acho que vai dar o que falar... kKkkkk

Tu pode mandar a resposta pra barros@bk.ru.

Beijo.

Pedro Almeida disse...

oi
sua "historia de conversao" é bem parecida com a minha...
hahaha

só q eu nao choquei ninguem. a galera só nao aceita bem q exista alguem q nao acredita em nada... haeuah

abraços

Beth Amorim disse...

Pois, é Pedro!

Eu "choquei",e ainda "choco" muita gente por ser ateia!!! Moro numa cidadezinha de interior, e aqui o povo é muito, muito, muito religioso! Há até quem me olhe torto e atravessado! rsrsrs...

Bom, é isso...

Um abraço!

Tryniti disse...

Ola Beth.Tudo bem.Durante muito tempo fui estudioso da Biblia e ainda tenho comigo muitos livros e Biblias de estudos.E cada vez que lia a historia e interpretações com relação ao que as escrituras dizem descobria que vivemos em voltas á muitas mentiras e enganos dos homens que se apresentam como representantes de Deus na terra.A decepção foi algo que arruinou minha fé.E se existe um paraiso e salvação, com ceteza não se encontra nas religiões presentes hoje em dia.Li o livro de Michel Onfray e não pude descordar com o que ele escreve sobre o judaísmo,crstianismo e islamimo.São fatos.Gostaria muito de que possamos trocar muitas idéis,pois passamos por algo semelhante,tambem sou de cidade pequena e com muita tradição religiosa.Acrescentarei seu msn e estou enviando o meu.Um abraço.adriano-eloi@hotmail.com

Beth Amorim disse...

Oi!

Adoraria trocar ideias contigo sobre a Bíblia sim, aliás, de saber um pouco mais sobre, já que nunca estudei muito sobre a mesma. Acredito que você poderia me falar algumas coisas que me ajudariam no meu próximo texto para o blog DeusILUSÃO, que será sobre a Bíblia.

Um abraço.

Não Seja Egoísta! Compartilhe!