Gostou? Então espalha pra galera!

25 abril 2011

Minha Acidez no Divã

betinhaEu sou assim. Desse jeito aqui que vocês me vêem quase sempre. Não, não tô falando da casca. Tô falando de como eu sou por dentro. Apesar de tentar ser de outro modo, nem sempre consigo. Tenho opiniões fortes e próprias. Gosto de falar o que penso e ponho toda a sinceridade que posso em minhas palavras. Detesto fingimento e "disse me disse". Gosto das coisas claras.

Já machuquei muitas pessoas por ser tão direta e sincera em minhas opiniões. Mas não foi proposital. É meu jeito. Até peço desculpas quando vejo que exagerei na dose de sinceridade.

Não gosto de deixar nada por responder. Porém, não sou do tipo que dá opinião à toa, ou seja, sem que alguém a peça. Se me perguntam algo, não me nego a responder. Só que nem sempre a resposta chega como aquela suave música clássica aos ouvidos de quem perguntou. Normalmente ela chega como um daqueles Rocks bem pesados! O lado bom é que se não me perguntam nada (ou não despertam meus animaizinhos internos), deixo tudo como está.

É difícil ser assim. Até porque minha personalidade não condiz muito com meu "tipo físico minúsculo" e "meu jeito meigo e sereno de ser".

Eu tive um professor no Ensino Médio, que me dizia sempre que o que mais chamava atenção em mim, era a minha personalidade forte. Eu tinha apenas 16 anos nessa época, era bem tímida e não achava que tinha essa personalidade tão forte e notável assim pra ele falar esse tipo de coisa. Mas contrariando a minha natureza,  nunca tive a curiosidade de perguntar por que ele achava isso.

Hoje eu até acho que tenho uma personalidade forte. Porém, às vezes acho que essa personalidade é meio carregada de acidez, sabe? Sei lá… Sou meio sem jeito pra falar as coisas… Falo no supetão. E nem sempre é agradável digerir o que falo.

Nem sei bem porque tô falando isso. Afinal, ninguém me perguntou nada. Mas acho que deve ser reflexo de uma conversa que tive hoje com meu irmão Flavio. Ele, assim como eu, também acha essas coisas de mim! o.O

 

nova assinatura

1 mil pitacos!:

Non Nattus Júnior disse...

Olá Beth, A fortaleza.
Assim que de agora em diante,irei te chamá-la. A não ser, que vc não queira.
Fiquei pensando,porque este texto ,não tinha nenhum pitaco ?. Não tinha, porque vc revelou as máscaras que a grande maioria usam nas suas relações pessoais. Enquanto muitos prefere mentir para si mesmo,tentando viver com uma mácara para agradar aos outros,mesmo que custe a insatisfação interior.
Dizemos que gostamos de ouvir a opinião contraditória,mas ficamos indignados( até de forma exagerada),apenas porque alguém pensa diferente de nós? (falo como pensa e age espécie humana,no geral)Esta sua frase " Só que nem sempre a resposta chega como aquela música clássica aos ouvidos de quem pergunta". Muitos no seu interior,queria ter sua atitude de expressar o que sente,mas a falta desta "personalidade forte" que prefiro chamá-la de verdadeira,prefere o conforto de agradar,para não perder determinadas companhias.
DISCORDO do título "Minha acidez do divã",quem revela uma natureza de forma tão clara e límpida,não produz acidez em lugar nenhum.
Obrigado pelos textos maravilhosos,continue escrevendo.

Não Seja Egoísta! Compartilhe!