Gostou? Então espalha pra galera!

23 abril 2010

Fases... Quem não tem as suas?



"Meu filho aguenta
Quem mandou você gostar
Dessa mulher de fases?"

Não sei se todas as pessoas são assim, mas eu passo por muitas fases [fora as fases naturais que todos passam...]. Todas elas inconstantes. E há momentos em que até eu mesma não me reconheço!
Quem acompanha o blog há algum tempo, pode reparar essas fases até mesmo no Layout! Tô sempre mudando. Ele sempre foi clarinho, mas agora estou numa fase meio 'dark'... rs. Na verdade, estava mais dark há alguns dias atrás, agora já está 'azulando'....rs.
E já que falei no blog, o dito cujo foi criado numa fase em que eu estava muito confusa e precisando desesperadamente escrever o que se passava comigo (contei em metáforas e dissimuladamente, claro...). Acontece que tenho essa mania de escrever desde criança. Ainda fui daquela época do "meu querido diário"!! E então, por ter sido essa, uma época meio 'destrambelhada' da minha vida, o nome acabou sendo "Tempestade de Ideias"... Onde tudo entrava em conflito e o coração queria mandar mais que a razão.... As "Ideias" se confundiram tamanha era a "Tempestade"...

Só que essa fase tempestade era daquele tipo que arrasa com tudo, e que depois dela temos que recomeçar tudo do zero... Ou então, pegar o que sobrou e recomeçar a vida novamente. Tive que fazer isso. A vida não para pra que a gente conserte o que não está certo (já dizia aquele conhecido poeta que eu não lembro mais quem é...) No entanto, a fase 'tempestade' já passou, porém o nome do blog permaneceu....rs.
Ultimamente estou numa fase de muitas controvérsias pessoais e íntimas, chegando a mudar constantemente de preferências, assuntos, humor, estilos, etc.
Um dia estou alegre. No outro, tudo me irrita. Num dia adoro preto; no outro, acho o preto pesado demais para alguém com um humor tão incostante. Num dia adoro o que faço, no outro, quero jogar tudo para o ar. Num dia choro com tudo (até com propaganda...!), no outro, o riso é fácil como o vento em cima de uma montanha. Num dia quero fugir desse mundo e largar tudo o que tenho; no outro, passo a  dar importância a tudo que tenho e tento fugir de mim mesma....
Infinitamente Inconstante. Perversa e Masoquista. Bondosa e Autruísta. Anjinho e Diabinho. Malandra e Serelepe. Sensual e Provocante. Feiosa e Sem Graça. 
Sabedoria e Indecisão. Incompatíveis? Acredito que são...
Os conflitos internos continuam.... Nunca sei o que esperar de mim quando acordo. Imagine os outros que convivem comigo???

Por Beth Amorim.


4 mil pitacos!:

Késia Maximiano disse...

E são essas "fases e faces" que dão vida a quem somos...

Beijos

Carlos Medeiros disse...

Uma vez me apaixonei por uma mulher de fases, geralmente fases ruins. Corri léguas para longe dela.

Luciana P. disse...

Muito bom o seu texto, essa incosntância faz parte de todos nós, especialmente mulheres. Porém, há as que conseguem um equilíbrio maior, o que não é o meu caso. Vivo em turbulência constante, e isso, de certa forma, atrapalha a minha vida. Mas, se a vida é um aprendizado, quem sabe um dia a gente encontre um ponto de equilíbrio na balança, não é?

Muito bom o seu blog!

Beijos!
Boa semana pra ti!

Beth Amorim disse...

Pois é Késia... Acho que se fôssemos sempre a mesma pessoa, a vida ficaria muito chata, né?

Carlos, você fez certo em "correr dela", já que todas as fases eram ruins...rsrsrs.

Receber uma elogio seu, Luciana P., é muito gratificante! Sou sua fã e acompanho sempre seu blog! Obrigada!

Não Seja Egoísta! Compartilhe!