Gostou? Então espalha pra galera!

06 outubro 2008

Perdendo as estribeiras!!!!



Tenho uma amiga muito explosiva... (Calma!! Ela não é uma mulher-bomba!!) O que quero dizer é que, por pouca coisa, ela "perde as estribeiras" e parte para o ataque!!! Imaginem vendo o cara que ela tá 'enrolada', beijando outra???!! Afff.... Ela avança para cima!!!! Eu, particularmente, não entendo muito isso, digo esse tipo de atitude, porque são raríssimas as coisas que me fazem perder a noção do ridículo (se é que existe alguma coisa!).... Não gosto de brigas... Sou muito "zen" como diz meu amigo Gui...


Mas falando em "perder as estribeiras" (sinônimo de descontrole, desatino) , "essa expressão surgiu nos jogos europeus de cavalaria, dos séculos 15 a 17. Literalmente, perder as estribeiras significava ficar sem contato com os estribos, aros que prendem de cada lado da sela do cavalo e são utilizados como ponto de apoio para o pé do cavaleiro.


Nas antigas corridas de argolinhas, torneios em que cavaleiros a galope precisam atingir com a ponta de uma lança as argolas penduradas em fios, perder as estribeiras desclassificava automaticamente os cavaleiros do páreo. Já nas corridas de cavalos sertanejos do Brasil, quem cometesse esse erro era zombado e tinha que pagar a bebida dos companheiros como castigo." (Lívia Lombardo - Revista Aventuras na História)


O pobre coitado deveria ficar "P da vida", porque além de ser zombado pela galera, ainda tinha que pagar o "mé"!!!! Ninguém merece!!! Por isso, o tal erro, foi, aos poucos, sendo associado a pessoas que ficavam mais nervosas do que o normal,em algumas situações!!!

Beth Amorim...

1 mil pitacos!:

Jorge Luiz disse...

Essa história me fez lembrar um outro termo utilizado para pessoas raivosas: "pegar ar".
O qual tem sua origem na prática do mergulho.
Ao vir à tona rapidamente ocorre uma súbita descompressão dos tecidos e órgãos, ficando o indivíduo com uma aparència feia. (ver barotrauma)
Esse mau aspecto foi logo relacionado ao semblante carrancudo dos coléricos.

Não Seja Egoísta! Compartilhe!