Gostou? Então espalha pra galera!

11 novembro 2010

Mil Galáxias

primavera1
Assim
inesperadamente quase um susto
colou nas minhas lentes
o seu impacto
espelhando
lá por dentro
como imagem
um sim
tão quente o suspiro como riso como o sopro dos lábios
tão rouca como a voz
que ouvi de madrugada
deslumbrava
luz a flor da lua
impregnada.

 
[Nando Reis – Mil Galáxias]







3 mil pitacos!:

disse...

Nossa!
Lindo post amei tuas palavras,sempre belas.

Beijos

Beth Amorim disse...

Obrigada, Dê!

Bjus!

deusilusao disse...

Eu não entendo muito de poesia. E já me disseram que é porque eu não entendo nada de "amor". Mas eu acho que amor não é pra ser entendido, by the way.

Eu, pelo menos, entendo a minha própria definição de amor: Amor é a paixão que não se alimenta exclusivamente de tesão por um outro corpo; é a paixão subjugada pela vontade consciente, pelo desejo de ser de alguém, mais do que pelo de ter esse alguém. Você descobre que ama quando se tornam indistintos o prazer que você sente quando dá prazer, e aquele que sente quando recebe.

Não Seja Egoísta! Compartilhe!