Gostou? Então espalha pra galera!

02 janeiro 2011

Começando o ano pelo avesso…


Eu não sou nada. Sou um domingo frustrado. Ou estou sendo ingrata? Muito me foi dado, muito me foi tirado. Quem ganha? Não sou eu não...” [Clarisse Lispector]
GIFApática. Seca. Sem emoções aparentes. Quase britânica...

Levemente amarga. Sutilmente irônica. Incrivelmente Distante.

Fria comigo mesma. Fria com o mundo.

Achando o que é “normal fazer” totalmente supérfluo […e o que é “anormal fazer” completamente necessário]. Com vontade de burlar todas as convenções sociais desnecessárias [e as necessárias também].
Achando tudo obsoleto e demasiadamente falso. Inclusive as minhas impressões. Sem razão visível para achar isso tudo.
Com uma vontade de solidão onde um quarto só não basta para satisfazer [como das outras vezes…]. Para satisfazer plenamente essa vontade, tinha que ser um mundo inteiro sem ninguém. Um lugar em que eu pudesse parar. E assim ficar durante horas. Sem os sons que incomodam. Sem as preocupações rotineiras. Sem ter que ser esse eu que sou agora. Eu seria apenas nada nessa hora…
E então, olho e percebo que as pessoas festejam e soltam fogos por uma coisa que acontece todo dia [para quem tá vivo]. Que dizem coisas só para seguir as convenções sociais. Que riem falsamente enquanto te olham dos pés à cabeça para encontrar os seus defeitos. Que te desejam um Feliz Ano Novo, como se essa frase fosse realmente ter algum poder sobre os dias que virão.
Sim, é verdade. Esse é um modo estranho de se começar um ano. Digo até que é meio ranzinza. #fail
Não, não é impressão sua! Alguma coisa está acontecendo comigo. Tô esquisita. E até eu estou achando.
Acho que alguma coisa mudou aqui dentro [será que perdi mais um parafuso?]. Nada de promessas. Nada de risos falsos ou meias-palavras. Nada de ser por fora, o que não sou por dentro
to-do-list

E tu liberdade, onde estás? Preciso que segures em minha mão... E para nos guiar, apenas as leis e a minha consciência (que, confesso, ainda está infectada por anos e anos de convívio social…)

2011 chegou, né? Pois é… Eu vi…

Mas, e daí?
Assinatura

2 mil pitacos!:

DeusILUSÃO disse...

Ufa!

Beth Amorim disse...

O texto foi tão cansativo assim, pra vc dizer "ufa" no final???

hehehehe...

Afffee!!! Nem disfarça!

Não Seja Egoísta! Compartilhe!