Gostou? Então espalha pra galera!

01 setembro 2011

Brotou a necessidade de escrever...

Às vezes sinto que não pertenço a esse mundo. Às vezes sinto-me deslocada e perdida entre tanta gente "estranha". Acho que minha bondade (ou seria ingenuidade?) e altruísmo só servem para que eu tropece ainda mais em gente mascarada. E a verdade é essa: se não for muito aparente, eu demoro muito a ver a maldade nas pessoas... e acabo "me ferrando" por causa disso. 

Definitivamente, não sou o tipo de pessoa que se encaixa em certas "pré-moldagens" sociais. Também não sou do tipo que deixa de viver alguns bons e inesquecíveis momentos pelo simples medo de "ser alvo" de críticas moralistas ultrapassadas. E por ser assim, acabo fazendo certas coisas consideradas "impróprias" para uma sociedade acostumada a viver sob o véu da hipocrisia, como por exemplo, "ousar" ser feliz (e mostrar isso para quem quiser ver) depois de uma tragédia tão grande.

Estou cansada de "certos tipos" com os quais eu esbarro por aqui nessa cidade. Caicó parece-me cada vez mais "Arcaico". 






1 mil pitacos!:

Non Nattus Júnior disse...

Olá Beth, A Fênix!

Não poderia imaginar que o cúmulo da hipocrisia , no seu caso para os outros, é que sua felicidade passou a ser a maior tragédia para eles.
Em compensação, nós que te acompanhamos neste seu riquissimo espaço, aprendemos ver sua sinceridade em cada palavras digitada,nos regozijamos com sua felicidade. E compartilhamos de sua indignação através de cada um que com um falso moralismo e suas verdadeiras hipocrisia a tem criticado.
A melhor resposta que possa dá a eles,não é o citando neste seu valioso espaço,mas enchendo de inveja os corações deles, transbordando sua felicidade.

Não Seja Egoísta! Compartilhe!