Gostou? Então espalha pra galera!

16 fevereiro 2009

Razão, sentimentos, intensidade: Vivo sem isso??

Movimentos.
Intensos e imprecisos.
Se a paz vem, logo entendia
Se tudo se agita, logo quero paz

Calor humano que afaga por algumas horas,
Distância que angustia por dias.
Amor que faz flutar,
Indecisão que esmaga a paciência.

Perde-se os sentidos da razão por 30 minutos.
O instinto animal sobrepõe-se...
A noite fica clara.
Ao amanhecer, a incerteza escurece o dia.

Fugir, tentar, sair;
Esquecer, iludir-se, voltar.
Nada adianta .
Vale a pena ignorar?

Foge a razão...
O bom senso faz as malas.
Por um instante, emoção grita alto!
Razão recolhe-se com medo...

O Coração (♥) guia alguém?
O bem está ou não nesse caminho escolhido por ele?
O dilema nunca passa.
Só o tempo...
(Beth Amorim)

Beth Amorim... só pensando um pouco alto...

1 mil pitacos!:

jacknamar disse...

Amei o poema minha querida!

A propósito, você seria a companhia mais que perfeita para uma jornada pelo nosso maravilhoso Seridó!

Beijos, Jack.

Não Seja Egoísta! Compartilhe!