Gostou? Então espalha pra galera!

11 setembro 2012

Arroz na Garganta.

Intragável. Foi nisso que ela se transformou. Alguém intragável tamanho é o ranço que possui em si. Não são raras as vezes que você se culpa. Mas quando analisa direitinho a situação, percebe que a culpa não é só sua. Como uma pessoa consegue bloquear todos os sentimentos bons que você poderia ter em relação a ela, antes mesmo de você conhecê-la? Essa pessoa fez isso... Você não a tolera porque simplemesmente essa pessoa nunca fez nada para que você desenvolvesse algum sentimento bom por ela. E os dias se passam e as coisas não mudam. Você tenta tirar o ranço que sente por ela, mas sempre que essa pessoa está por perto, o clima pesa. É a risada, é o olhar dissimulado, é a voz enjoada, é a cara de pau... Tudo incomoda. Tudo. 


5 mil pitacos!:

Mara Melinni disse...

Beth...

Há pessoas que, de tanto transbordarem em si mesmas, não enxergam ao redor; ou, pior: pensam que atraem, mas repelem. E a sensação que fica é exatamente essa: "intragável".

Bjinhos e boa semana! =)

Pedro Luis López Pérez disse...

Vengo del blog de Mel´s Versos de Mara Melinni y me he parado en el Tuyo.
Me ha encantado y, si me lo permites, me hago tu Seguidor.
Un abrazo.

Pensamentos soltos disse...

Beth, que bom que vc voltou ao mundo do blog. Abraço

O Profeta disse...

Este pensador, viajeiro entre Sois
Esta Ave pousada em mil embarcações
Esbarco que passa sem vela ou remo
Esta arca repleta de vibrantes emoções

Esta mestiça flor de açafrão
Este ramo de espinhos cravados na mão
Esta alma que não ousa largar opinião
Este homem vestido de solidão

Boa semana

Doce beijo

Pedro Luis López Pérez disse...

Vengo del blog de Pensamentos soltos de heydnayara y me ha encantado tu Rincón; por lo cual, si no te importa, me gustaría ser Seguidor de tan bello Espacio, lleno de Magia, Color, Sentimientos, Sensaciones y Fantasías.
Un abrazo.

Não Seja Egoísta! Compartilhe!